A última porta

Dízimos, votos, ofertas, sacrifícios… eu tinha tantos maus olhos com esses atos dentro da Igreja. Mesmo vivendo uma vida derrotada, fracassada, consumida pelo espírito do vício, ainda achava que seria roubada. Como eu era tola. Perdi minha adolescência e quase perdi minha vida!!!

Quando encontrei o Senhor Jesus não foi diferente, eu perdi minha vida, aliás, o mundo a perdeu quando encontrei o meu Salvador que vive. Sei que Ele vive!!!

E a última porta que ainda estava aberta era a que eu tanto julgava. Ali roubaram mesmo, roubaram minha alma das mãos do inferno.

Eu era uma Maria Madalena na vida, perdida, cheia de legiões.

Hoje tenho vida e com abundância, meu prazer é servir. E quanto mais O sirvo, mais O amo!

Sei exatamente o privilégio de ter me tornado dizimista fiel, ofertante e dar o meu tudo no Altar. É a oportunidade vinda diretamente do Trono do Altíssimo!

Daiane Cristina

Fonte: Bispo Macedo

 

 

Du pire à la meilleur élève

Marine est pratiquement née à l'Universel. Ayant fréquenté l'EBI lorsqu'elle était enfant et la FJU durant son adolescence, tout cela paraissait "parfait", mais cela ne l'était pas...

2018-12-04T14:51:48+00:00
This website uses cookies and third party services. Ok