7º Dia do Jejum de Daniel

Só o Espírito de Deus tem autoridade para testificar quem são Seus filhos. Nenhuma religião ou ser humano é capaz disso.

Somente quem gerou reconhece os filhos.
Foi o que aconteceu no Monte Hermom.

Só o Deus Pai, através do Espírito, glorifica, reconhece, testifica, testemunha, confirma quem Ele gerou.
Aí está a razão da alegria indizível quando se nasce do Espírito.

A paz do Espírito da Paz é o primeiro sinal, porque todas as acusações pecaminosas são apagadas. A pessoa se sente limpa, pura, lavada no seu interior.

Outro sinal do Espírito que acompanha a paz é a alegria.
Não é uma alegria comum, prazer momentâneo ou coisa parecida. Essa alegria nada tem a ver com as deste mundo. Antes, é alegria inexplicável, gozo singular, que só quem experimenta sabe o que é, mas não sabe explicar. Por isso, chora-se de alegria e alegra-se de choro.

Ah! Que dia!…
Ah! Que momentos tão sublimes!

O Filho foi honrado pelo Pai antes de ser humilhado pelo mundo.
Agora, por meio de Jesus, o Pai honra os demais filhos que vão sendo gerados pelo Espírito Santo.

A nobreza da paz e da alegria despreza todos os valores deste mundo.
Tudo mesmo! 100%!

O prazer de ser chamado de filho pelo Pai compensa qualquer tribulação.
Por isso, o apóstolo afirma:

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito:Por amor de Ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por Aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8.35-39

Verdadeira loucura da fé.
Provavelmente, muitos, ao lerem este texto, não vão entender…
Só quem já vivenciou tal experiência sabe avaliar o significado de ser filho de Deus.

Este é o Meu Amado Filho; a Ele ouvi. Lucas 9.35

Fonte: Bispo Macedo

 

 

2018-08-20T15:05:45+02:00